dcsimg

Veja onde você pode usar a nota do Enem 2019


Depois de estudar muito durante o ano todo e encarar as tão temidas provas do Enem, resta agora dar mais um passo importante: decidir o que fazer com as notas do exame.

Claro que o objetivo principal é conquistar a tão sonhada vaga no ensino superior, mas o Enem pode te ajudar a fazer isso de várias formas. 

Por isso, vamos te mostrar como utilizar a pontuação do exame para participar de diversos programas do governo federal que podem facilitar sua entrada em um curso superior.

Como utilizar a nota do Enem 2019 para entrar na faculdade pública

Sisu

Hoje, grande parte das instituições públicas de ensino superior já oferece vagas através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O processo seletivo classifica os candidatos de acordo com a nota que obtiveram no Enem mais recente.

Com a nota do Enem 2019, você poderá se inscrever nas duas edições do Sisu de 2020. 

A primeira será realizada em janeiro de 2020, logo após as provas, enquanto a segunda irá ocorrer no meio do mesmo ano. Mas atenção: para participar, o candidato não pode ter zerado a redação do exame.

Algumas faculdades reservam um percentual de suas vagas para o Sisu, enquanto o restante é preenchido através do vestibular tradicional. 

Em contrapartida, outras instituições já extinguiram totalmente o vestibular e utilizam somente o Sisu como método de preenchimento de suas vagas.

Complemento da nota do vestibular

Se a faculdade que você pretende cursar não está no Sisu, pode ser que ao menos você possa utilizar a nota do Enem para acrescentar alguns pontos muito importantes na sua nota do vestibular. 

Confira no edital da prova para saber se você vai poder utilizar esse complemento na pontuação final.

Como utilizar a nota do Enem 2019 para entrar na faculdade particular

ProUni

O ProUni é um programa do governo federal que concede bolsas integrais e parciais (50%) a estudantes de baixa renda que têm o intuito de estudar em instituições de ensino superior particulares.

Para concorrer ao processo de seleção, o candidato precisa ter feito a última edição do Enem, atingido um mínimo de 450 pontos na média das provas objetivas e não ter zerado a redação.

Além disso, é necessário cumprir um requisito financeiro:

  • Possuir renda bruta familiar de até 3 salários mínimos por pessoa, caso esteja concorrendo a uma bolsa parcial.
  • Ter renda bruta familiar de até 1,5 salário mínimo por pessoa, caso esteja concorrendo a uma bolsa integral.

No caso de as vagas não serem preenchidas na primeira etapa, um novo período de inscrições é aberto. Assim, quem fez o Enem nos anos anteriores pode concorrer às bolsas remanescentes.

FIES

Por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), o estudante consegue um financiamento a juros abaixo do mercado e começa a pagar seu curso superior apenas depois de formado.

Assim como o ProUni, o FIES exige que o candidato tenha obtido pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem e nota maior que zero na redação. Além disso, é preciso comprovar renda familiar bruta de no máximo 5 salários mínimos por pessoa.

Conseguir um financiamento através do FIES pode não ser tão fácil, dependendo do curso. Mas você pode fazer sua inscrição no programa duas vezes ao ano.

Ingresso Direto

Adotado por inúmeras faculdades particulares, o chamado ingresso direto é atualmente a forma mais fácil de começar em um curso superior. De maneira simplificada, as instituições permitem que o aluno utilize a nota do Enem para tentar conquistar uma vaga no curso desejado.

Caso atinja a pontuação necessária para passar, basta levar o boletim de desempenho individual junto com a documentação solicitada para efetuar a matrícula. O candidato não precisa realizar nenhuma outra avaliação!

As faculdades que aceitam o Enem como forma de ingresso podem ser encontradas em todo o país e com bastante facilidade.

Contudo, é importante buscar instituições que possuam o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC), pois isso é o que garante a qualidade do ensino e a validade do diploma no mercado de trabalho.

A seguir, reunimos algumas sugestões de excelentes faculdades, reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, com preços bem acessíveis e que oferecem ótimos benefícios aos alunos, como bolsas de estudo, descontos e financiamentos sem burocracia. Confira:

Leia mais:

Quantos pontos são necessários para passar no ENEM?

Você prestou a prova do Enem 2019? Vai utilizar sua nota para qual processo seletivo? Conte para a gente aqui nos comentários!


comentarios Comentários